Coberturas

São Paulo Moto Classic – São Paulo, SP

Uma volta ao Mundo em duas rodas

Exposição reuniu no Museu Catavento motocicletas fabricadas entre 1902 até a década de 1980, incluindo modelos realmente preciosos

O Museu Catavento, no Centro histórico da Capital Paulista, recebeu no último domingo — 5 de agosto — uma exposição de alto nível que reuniu motocicletas e scooters fabricadas de durante todo o século XX. Não por acaso, reviveu os eventos que aconteciam há até alguns anos no Páteo do Colégio, já que teve os mesmos organizadores.

A italiana Bianchi 1902: a mais antiga

Foi possível curtir de tudo em termos de duas rodas: motos urbanas e de estrada, de trilha, de corrida, café racers, as práticas motonetas japonesas…

Para os fãs dos tempos da brilhantina, as eternas rivais italianas Lambretta e Vespa, dos mais variados modelos, com muitos acessórios, com e sem sidecar.

Entre os modelos mais curiosos, duas Honda. A Motocompo 1982 é uma motoneta em formato retangular e desmontável, que cabe dentro de qualquer porta-malas. Já a Juno M80 1962 possui motor boxer de 2 cilindros e 170 cilindradas, com câmbio Hondamatic.

Indian 1907: só 15 fabricadas

A motocicleta mais antiga foi a italiana Bianchi 1902. Já a maia rara a Indian de competição fabricada em 1907, cuja produção foi de apenas 15 unidades.

Marcas populares como as japonesas Honda, Yamaha, Suzuki e Kawazaki; famosas americanas com Harley Davidson e Indian; alemãs como BMW, Zündapp e DKW, italianas como Ducati, Guzzi e até a extinta Sertum, inglesas como Norton, Triumph e B.S.A…; o evento foi um feliz apanhado com um pouco de tudo que se produziu no mundo no século passado.

De acordo com os organizadores, já está programada a segunda edição do evento, no mesmo bonito local, em 2019.


VEJA OUTRAS FOTOS AQUI!


Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp