MaxiBlog

VW Fox: nosso velho Voyage em terras americanas

Em 07 de julho de 2015 o jornalista Flávio Gomes postou uma matéria em seu BLOG com o título “O Voyage deles – Alguém me acha um!E explicava que a VW fez um Voyage para exportar para os EUA e Canadá no final dos anos 1980 e início dos 90 com o nome de Fox. Lembrava também que mais de 100 itens foram modificados em relação ao modelo vendido aqui para poder entrar no exigente mercado americano. Flávio dizia em sua matéria: “Sei que eu olhava para esse carro e não conseguia ver 112 mudanças para o meu verde metálico 1.8, dos grandes carros que tive na vida. Faróis, lanternas, para-choques, aqueles olhos-de-gato laterais, que na verdade eram lanterninhas, velocímetro em milhas, painel invocado com comandos satélites, o que mais? Emblema atrás: Fox em vez de Voyage. Meia-dúzia de diferenças, mas é claro que tinha um monte de coisa mecânica e itens de segurança, aquelas frescuras exigidas pelo mercado americano que não saberei precisar quais eram — uma delas era injeção eletrônica no lugar de carburador, certeza. Não sei quantos foram exportados, mas não devem ter sido muitos, porque são raros lá”.

Então, atendendo ao pedido de Flávio Gomes, aí está: um brasileiríssimo VW Fox da década de 1980. Foi encontrado por mim em uma rua do Bairro Red Hook, em Nova York. Dorme ao relento, o estado de conservação não é bom, mas, totalmente operacional. Seu proprietário vai trabalhar de metrô, de segunda a sexta-feira e nos finais de semana utiliza o Fox para fazer compras, passear com a família, etc. Esses modelos estão praticamente extintos nos EUA porque o mercado de carros novos é muito acessível com preços atraentes e prestações a perder de vista sem juros e correções. A frota americana está sempre sendo renovada com vendas chegando próximo de 18 milhões de carros ao ano. Por isso, não foi fácil, mas, atendemos ao pedido do Flávio Gomes: “Alguém me acha um!”


NR: nosso colaborador Jorge Filho esteve em Nova York em agosto de 2017   

Comentários do Facebook

Tags

Novidades dos Classificados