Coberturas Eventos

1º Encontro de Veículos Antigos de Mariana, MG

1º Encontro de Veículos Antigos de Mariana, MG

Um presente especial

Exposição de Carros Antigos fez parte da programação de aniversário da cidade

Mariana celebrou seu 320º aniversário em grande estilo e com muitas atrações culturais nos dias 16 e 17 de julho. O povo marianense teve motivos de sobra para sair de seus lares e curtir os mais variados atrativos culturais organizados pelo Poder Público local. E o Clube de Autos Antigos de Mariana, sob a batuta dos jovens Junio Henrique e Felipe “Ferrugem” Potiolio, também presenteou a secular Mariana com um belíssimo encontro de autos antigos, o primeiro de muitos.

Ruas
Catedral da Sé (abaixo), as praças e ruas em seu entorno ficaram repletas de automóveis de variadas marcas, modelos e épocas distintas, proporcionando um visual esplendoroso

marianajul16f4

Diante da imponente catedral da Sé, as praças e ruas em seu entorno ficaram repletas de automóveis de variadas marcas, modelos e épocas distintas, proporcionando um visual esplendoroso e em completa harmonia com o casario setecentista da aniversariante Mariana, primeira cidade e primeira capital da então Capitania das Minas do período colonial brasileiro.

marianajul16f5
A prosa foi boa, longa e muito festiva

Com uma organização primorosa e com o apoio logístico da Associação Mineira de Antigomobilismo, representada por seis membros de sua diretoria, o Clube de Autos Antigos de Mariana proporcionou ao público visitante e também aos expositores momentos de grande alegria e confraternização. A praça ficou pequena para um público ávido em conhecer de perto a história dos automóveis ali expostos diante de seus olhares. O ambiente era familiar e a todo o momento tinha-se a impressão de estar entre velhos conhecidos. A prosa foi boa, longa e muito festiva. E não faltaram as iguarias da tradicional culinária mineira.

16 bandas desfilaram pelas ruas
14 bandas sinfônicas rigorosamente uniformizadas, em um lindo desfile…

E como se não bastasse, de repente, emerge da Rua da Direita nada menos que quatorze bandas sinfônicas rigorosamente uniformizadas, em um lindo desfile cada qual executando um dobrado diferente deixando a todos emocionados e com elevado estado de espírito. Vale lembrar que as corporações musicais também fazem parte da centenária cultura mineira.

E com este cenário e neste clima festivo o encontro de veículos antigos de Marina não poderia outro resultado senão o sucesso.

Cenário encantador
Cenário encantador

Foram 25 clubes participantes que abrilhantaram o evento: Sociedade do Carro Antigo de Barbacena, um dos clubes mais tradicionais e antigos de Minas Gerais; Clube do Puma MG; Clube do Carro Antigo de Bello Horizonte; Antigos do Vale; Clube do Fusca – Vale do Aço; Clube de Autos Antigos do Caraça (Santa Bárbara); Novo Clube do Novo Fusca – BH; Clube de Autos Antigos de Congonhas; Clube do Quadrado – Congonhas; Queluz Boxer Clube – Conselheiro Lafaiete; Clube Garagem Antiga – Conselheiro Lafaiete; Opaleiros e Antigos Monlevade – João Monlevade; Clube Ferrugem na Veia de Ponte Nova; Clube de Carros Antigos de Cachoeira do Campo/Ouro Preto; Opaleiros de Itabira; Clube Itabirito de Carros Antigos; Associação Galaxeiros das Gerais – BH; Opaleiros de Ouro Preto; Clube Antigos de Itabira; Máfia da Ferrugem – BH; Clube de Autos Antigos Rota Real – Conselheio Lafaiete; Chevetteiros Minas Clube – BH; Old School – Conselheiro Lafaiete; Amigos Caravan e Opala Clube – BH e Carros Antigos Viajantes da cidade de Panca/ES.

Presente também a Associação de Clubes de Carros Antigos “MG-ES” – ACCA, representada por Renato Soares de Almeida, entidade cuja finalidade se assemelha com a AMA e também realiza um trabalho voluntário e gratuito em prol do antigomobilismo.

Depois de uma longa confraternização entre os antigomobilistas, os presidentes e representantes de clubes receberam um troféu de participação confeccionado pelo Atelier Silvio Palmieri, de Mariana.

Bicicletas
Exposição de Bicicletas e presença do motoclube de Mariana Vira Latas

O motoclube de Mariana Vira Latas marcou presença mostrando a união em prol da paixão pelas duas e quatro rodas.

O evento contou com praça de alimentação, mercado de pulgas, expositores de antiguidades e miniaturas de veículos e exposição de bicicletas antigas. A locução ficou por conta de André Candreva, diretor de comunicação do CAAC e da AMA.

Robson dos Santos Elias (CAAC) levou para a exposição a recém restaurada Chevrolet Amazonas, pintura saia-e-blusa nas cores branca e verde, ano 1963
Robson dos Santos Elias (CAAC) levou para a exposição a recém restaurada Chevrolet Amazonas, pintura saia-e-blusa nas cores branca e verde, ano 1963. Abaixo C10 1073 e Aero Willys 1960

Dos veículos em exposição podiam-se ver em maior número os clássicos nacionais da década de 1960 e 1970. Robson dos Santos Elias (CAAC) levou para a exposição a recém restaurada Chevrolet Amazonas, pintura saia-e-blusa nas cores branca e verde, ano 1963. Marcelo Coimbra (CCACC) marcou presença com sua conservada pick-up Chevrolet C-10 1973. Carlos de Assis (Ouro Preto) brindou o público com seu impecável Aero Willys 1967. Maurício Avelar (Santa Bárbara) levou seu Aero Willys Itamaraty 1970, um veículo raro de ver em nossa região.

A linha VW muito bem representada.
A linha VW muito bem representada. Abaixo Maverick 1974 e Aero Willys 1970

A linha VW estava completa: Fusca, Kombi, Variant, TL, VW 1600 (Zé do Caixão), Brasília e Passat. Da Chevrolet os Opalas eram em maior número além do Chevette, Caravan e a pick-up C-10. A linha Ford foi representada pelo Corcel I e II, Belina I e II, Maverick, Galaxie Landau e os oriundos da Willys – Jeep, a pick-up F-75 e a Rural. Do fabricante Puma vários modelos estavam em exposição. Os modelos Aero-Willys 1960 e 1964 representaram o fabricante Willys Overland Brasil que contou ainda com a presença de vários Jeeps (um inclusive modelo 1951 de origem norte-americana) além da conhecida Rural.

marianajul16f8
O imponente Cadillac DeVille conversível modelo1966 do colecionador Éder Gomes. Abaixo o Chevrolet De Luxe 1951 e o Ford modelo A 1930 pick-up.

marianajul16f10

Dos veículos estrangeiros vários destaques: o imponente Cadillac DeVille conversível modelo1966 do colecionador Éder Gomes (Clube do Carro Antigo de Bello Horizonte). Éder destacou a hospitalidade do povo marianense e a organização do evento por parte de seus idealizadores. O Chevrolet De Luxe 1951 de propriedade do simpático Mário Calderaro (SCAB) de Barbacena foi um show à parte pois foi restaurado por ele próprio por quase sete anos. E ainda um Ford modelo A 1930 pick-up.

Mas em encontros de automóveis também há espaço para as motos com destaque para a alemã Zundapp 1939 do colecionador ouro-pretano Vírgilo Figueiredo.

marianajul16f12
O evento agradou em cheio a quem por lá esteve e deixou aquele gostinho de ‘quero mais’.

Por ser o primeiro, o evento agradou em cheio a quem por lá esteve e deixou aquele gostinho de ‘quero mais’. Méritos para os organizadores que se mostraram solícitos e esbanjaram simpatia.

Foi um evento para todos os apaixonados por automóveis e compartilhado com júbilo entre os moradores de Mariana, pois, para se realizar um encontro maravilhoso como esse basta apenas hastear as bandeiras da vontade, coragem e humildade.

Aguardamos o próximo…

   ÁLBUM DE IMAGENS

Texto: André Candreva
Fotos: Arlindo José Da Silva, Junio Henrique,
Delber Drummond e Mateus de Assis

Edição: Fatima Barenco

Comentários do Facebook

2 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados