Colunista Convidado Conteúdo Nossos Colunistas

Arte Automotiva, o registro da paixão

Arte Automotiva, o registro da paixão

*Maurício Morais

Foi com tremenda alegria que recebi o convite para escrever como colunista convidado no Portal Maxicar. Tema livre, oba, então naturalmente o assunto que irei discorrer trata-se daquilo que tem sido minha vida nos últimos 5 anos: Arte Automotiva.

Sempre trabalhei com ilustração e design gráfico, mas nas horas vagas usava meu dom de desenhar para relaxar desenhando carros. Minha mulher achava estranho a forma como eu descansava, pois trabalhava o dia inteiro com ilustrações e à noite voltava a desenhar!? Mas para mim sempre foi uma questão de paixão, e quando se é apaixonado aquilo que se faz não se torna um fardo.

Automóvel é antes de tudo emoção, carro antigo mais ainda e sei que todos que me lêem agora entendem muito bem o que falo. Quando se é apaixonado por alguma coisa, os limites desaparecem e o que era difícil, num passe de mágica torna-se fácil.

Arte Opala SS
Em 2006, timidamente, abri um blog com a intenção de compartilhar essa paixão com mais pessoas. Comecei a publicar minhas ilustrações e a comentar sobre elas. E para minha surpresa fui correspondido prontamente por um grupo de ávidos navegantes da blogosfera, gente interessada em carros, especialmente antigos.

caricaturaDKWHouve um encontro marcante ainda em 2006, com o jornalista Flávio Gomes que corria na Classic Cup com o DKW #96. Mandei para ele uma caricatura desse carro, ele gostou e publicou em seu blog. Foi impressionante o número de pessoas que passou a visitar meu blog depois da publicação do desenho. Ali eu pude perceber o poder daquela ferramenta.

Penso que o que une os antigomobilistas é essa paixão, e que a Arte Automotiva é uma forma de eternizar esse sentimento. É um registro gráfico, visual, de uma experiência positiva vivida na mocidade, ou mesmo infância, onde o automóvel é o cenário. Quem não se recorda do primeiro passeio de carro, da primeira vez que dirigiu um, do cheiro, dos sons, das emoções?

Faz-se Arte Automotiva de várias formas: pintura, ilustração digital, escultura, fotografia, plastimodelismo, literatura e outros gêneros de arte. Da mesma forma que o antigomobilismo tem crescido e se estruturado no Brasil, creio que o entendimento do que seja Arte Automotiva também.

Hoje, os museus nacionais e os colecionadores particulares conseguem enxergar a importância de se ter um acervo cultural junto com os acervos mecânicos. Essas entidades e pessoas tem aberto suas portas para artistas como o Ararê, Dan Palatnik, Paulo Fiote, os pintores Sérgio e Helena Dotta, Antonio Ariel e vários outros.

Espero ver o dia em que teremos bienais de Arte Automotiva, salões especializados nesse tema, leilões com as obras valorizadas e todos vivendo felizes numa grande confraria de Artistas Automotivos. Há espaço para todos e como dizem, os mais competentes se estabelecerão.

Gosto de ler a história dos pintores impressionistas e ver a forma como eles influenciaram a cultura clássica reinante no fim do século XIX e como resistiram até serem apreciados e valorizados por todos. Novas idéias sempre combinam com carros antigos.

Corcel GT 70Nós artistas devemos exercitar, falar a mesma linguagem da paixão automotiva que nos move.

Há muito para se fazer, muito chão para se caminhar, e parafraseando Karl Marx eu digo: Artistas Automotivos do mundo, uni-vos.

 

*Maurício Morais é artista automotivo e ilustrador.

Conheça seu trabalho, acessando: mauriciomorais.blogspot.com

 

Comentários do Facebook

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados

%d blogueiros gostam disto: