Ambrela
Repórter Maxicar

Empresa de guindastes abriga uma maravilhosa coleção

Oldsmobile, Cadillac e Chevrolet: um grande acervo GM

Acervo reúne em São Paulo quase uma centena de automóveis, além de pick-ups, ônibus e caminhões

A Guindastes Tatuapé começou suas atividades em 1960, pelas mãos do ex-caminhoneiro Pedro Esparbiere. Seis anos depois uma eclética coleção de veículos começava a ganhar vida, através de um Ford Modelo A Phaeton 1928 comprado em Cambará, interior do Paraná. Ao longo das décadas o acervo foi crescendo, juntamente com a empresa familiar — atualmente comandada pelo filho Edson Garzon Esparbiere e seus sobrinhos.

Chevrolets da década de 1950. Destaque para o Ford preso à parede

E o tal Fordinho ganhou o merecido destaque: fica afixado na parede do belo galpão do segundo andar da sede da Tatuapé, no Parque Novo Mundo, Capital Paulista. Mas curiosamente a maioria dos automóveis é de origem General Motors: Cadillacs, Buicks, Oldsmobiles e sobretudo os populares Chevrolets. Numa única fileira, o histórico da marca durante a década de 1950. Em outra, vários exemplares dos anos 1960, mesclados com Cadillacs e um belo Oldsmobile Super 88 dourado, produzido em 1958. Para quem curte algo mais moderno e esportivo, uma dupla de Corvettes, fabricados em 1987 e 2008.

Maxicar precisa de seu apoio
Premiere e Electra

Lincoln Premiere 1956 e Buick Electra 1962 são dois dos mais admirados conversíveis da coleção.

Da Linha Ford — além do já comentado Modelo A fixado na — o destaque vai também para uma pick-up, versão de ½ tonelada fabricada em 1946 e que no Brasil ganhou o simpático apelido de ‘Caveirinha’, por um motivo bem óbvio! É que apesar de seus mais de 70 anos, a danadinha tem somente 94 mil quilômetros rodados. Não é incrível?

Acima, Pick-ups Ford “Caveirinha’ 1946 e Chevrolets ‘Marta Rocha’ e Cameo, da década de 1950. Abaixo cavalo mecânico Kenworth 1973 e ônibus GMC PD-4104 1959

Entre os caminhões, gigantes como o cavalo mecânico Kenworth 1973, o Ford Coe 1940, o GMC 1952 e o Mack 1950.

Com carroceria em alumínio e poderoso motor Detroit Diesel, o ônibus GMC PD-4104 fabricado em 1959, quando na ativa nos Estados Unidos fazia a linha Miami/Detroit e pertencia à famosíssima Greyhound Lines — aquela que muitas vezes vemos nos filmes de Hollywood, que tem como logomarca o cão corredor, cuja raça dá nome à empresa fundada em 1914.

Seagrave 1920 e Spartan L100 1980

Uma das marcas registradas da Coleção Guindastes Tatuapé é o sortimento de caminhões dos Bombeiros, sendo o mais antigo o 1920 fabricado pela americana Seagrave, uma companhia especializada neste tipo de viatura. Ele foi premiado na edição 2008 do Encontro Paulista de Autos Antigos, em Águas de Lindóia, SP. Outro que impressiona é o Spartan L100 1980, que tem até escada elevável com plataforma. E o que dizer do Pierce 1986 ou dos GMCs?

Não dá para admirar a profusão de cromados, o vermelho vivo e todos aqueles equipamentos, sem que aflore logo aquele velho sonho de criança de quase todo garoto: o de ser Bombeiro!


GALERIA DE IMAGENS


Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Paulo Zanini e Guilherme Ramos

Espalhe por aí!
  • 417
  •  
  •  
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

3 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp