Coberturas

16º Encontro Nacional de Veículos Antigos de Barbacena, MG

Uma festa digna dos 30 anos

Shows musicais, presentes para os expositores, estandes variados e claro, muitos carros clássicos, na comemoração do aniversário da SCAB

A Sociedade do Carro Antigo de Barbacena-MG, SCAB, completou trinta anos e comemorou em grande estilo com o seu XVI Encontro de Carros Antigos no último final de semana, dias 01 e 02 de setembro. A festa começou no sábado pela manhã na APEC Veículos, concessionária VW da cidade, que possui ótima infraestrutura, completada com barracas de souvenirs, alimentos, brinquedos para crianças, estande de demonstração de cosméticos para as senhoras, mercado de pulgas, estande de vendas de veículos antigos e muito mais.


O presidente Cláudio Mazzoni e a primeira dama Cláudia Mazzoni receberam os antigomobilistas em clima de festa. O clube estava fazendo aniversário, mas, quem ganhava o presente eram os expositores, que na inscrição recebiam um caneco e uma camisa com referências ao encontro. Edmir Flávio foi o mestre de cerimônias. Na parte da tarde um showzaço da dupla Wellington e Guilherme animou o ambiente com clássicos do rock e pop rock.

O Casal Mazzoni recebeu os amigos antigomobilistas 


À noite, o casal Mazzoni recebeu os participantes no Restaurante Celeiros Espaço Avenida para uma confraternização com mais música ao vivo. O interessante é que a concessionária VW APEC, o hotel conveniado ao evento e o restaurante onde houve a confraternização ficam todos na mesma avenida, distante poucos metros um do outro. Assim, os expositores não precisaram usar seus carros, que puderam ficar no local do evento em total segurança.

Ramos e Picinin são fundadores da SCAB. Já Charles e Pedro Ladeira, ex-presidentes, sendo ladeira também fundador

No domingo a recepção foi com um ótimo café da manhã acompanhado de um grande bolo de aniversário. Presentes estavam três dos fundadores do clube: Pedro Ladeira, Ernandes Ramos e Fausto Picinin e os três presidentes que o clube teve até hoje, o primeiro que foi o próprio Pedro Ladeira, o segundo que foi Charles Calderaro e o terceiro que é o presidente atual Cláudio Mazzoni. Todos fizeram as honras da casa e receberam os diversos integrantes e representantes de clubes de Minas Gerais e do Rio de Janeiro que participaram dessa comemoração, que contou com a presença do diretor regional da FBVA, Caio Mário Baptista Pereira.

Shows de música e uma dupla de VWs novinhos


Em seguida veio mais um showzaço de rock com a Banda Rockfield, de Belo Horizonte-MG. A APEC que expõe normalmente carros zero km à venda ficou totalmente tomada por carros antigos que ocuparam todos os seus espaços, mas a própria concessionária expôs clássicos também. Um Fusca Última Série 1986 e uma Kombi Last Edition de seu acervo, ambos zero km.

A partir do alto, em sentido horário: Impala 1965, Rural 1966, Dodge Polara 1981 e Ford A 1928


Barbacena é um celeiro de raridades graças à dedicação de alguns colecionadores e apaixonados por carros antigos. Entre outros, ali estavam expostos o Opel Kapitan 1951 de Ernandes Ramos, o Chevrolet Impala 1965 do ex-goleiro Manelão Castañon, o Chevrolet Styleline 1951 canadense de Paulo Calderaro, a Rural Willys 1966 e a sensacional e bastante conhecida dupla de Chevys de Cláudio Márcio Abreu Campos (foto principal), o Dodge Polara 1981 de Marcos Pardini e o Fordinho Modelo A 1928 de Pedro Ladeira.

Opalas de várias fases e a Brasília comprada zerinho na APEC


Belos exemplares de Opalas — desde o primeiro até o último modelo fabricado — e um grande número de Volkswagens saídos daquela mesma concessionária há 30, 40 e até 50 anos atrás, porque aquela revenda que gentilmente cede o espaço para o evento, ano que vem completa 60 anos de atividade. Um exemplo disso é a VW Brasília 1978 de Joana Nascimento, que foi retirada zero km naquela concessionária e participou pela primeira vez de um encontro de carros antigos justamente onde foi comprada. Joana fez uma consulta a Jorge Borboleta, presidente da AVA-Juiz de Fora sobre a possibilidade de se adquirir placas pretas.

Apesar do Blue Cloud, Barbacena teve vários DKWs

Além desses veículos, os visitantes encontravam na entrada da exposição uma fileira de DKW. Uma grande surpresa porque no mesmo final de semana estava acontecendo o Blue Cloud em Poços de Caldas-MG, que reúne DKWeanos de todo o Brasil e do exterior. A família Calazans de Barbacena se esmera em preservar esses modelos, buscando manter a fidelidade à originalidade, por isso, além de Poços de Caldas, ali também essas raridades puderam ser contempladas, como a Vemaguet 1963, o xodó de Gilson Fernandes e os diversos modelos da família Calazans.

Dupla sueca de pesados

A marca Jeep foi muito bem representada no evento com belos exemplares.  Outra dupla que fez sucesso foi a formada pelos cavalos mecânicos Scania L 111 1977 e Volvo N 10 Intercooler 1986. Ambas as marcas, de origem sueca, concorrentes no passado, unidas no presente, já que a Volvo adquiriu a Scania em 1999.

Outra coincidência de datas foi no domingo em que se comemorou o Dia Nacional da Kombi, com um grande encontro na capital mineira, mas Barbacena também teve representantes do modelo em sua exposição.

A festa foi bonita

Esse XVI Encontro Anual de Barbacena foi especial, muito bem organizado, com muitas e excelentes atrações, digno do aniversário de 30 anos desse que é um dos clubes mais antigos de Minas Gerais. Parabéns a todos que escrevem a história desse clube. É muita tradição dentro do antigomobilismo nacional. Vida longa à Sociedade do Carro Antigo de Barbacena!


ÁLBUM DE IMAGENS


Texto e fotos: João Baptista Jorge Linto Filho
Edição: Fernando Barenco

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp