Clássicos em video

Não é para os fracos: uma aula rápida de como dirigir um Ford T

Técnica bastante diferente, exige reaprendizado para os motoristas de hoje

Esqueça tudo que você sabe sobre dirigir! São quatro pedais, uma alavanca do lado esquerdo que liga e desliga o sistema de tração, além de duas pequenas alavancas na coluna de direção que, aliás, renderam a ele o apelido de “Ford Bigode”: uma de aceleração e a outra do avanço do distribuidor.

Pois é… dirigir um Ford Modelo T 1914 requer alguma prática. É preciso apagar completamente da cabeça o sistema convencional de marchas e os pedais de acelerador, freio e embreagem, no caso do câmbio mecânico — ou a ausência desse último em carros automáticos modernos. Trata-se de literalmente reaprender a dirigir!

Quem dá a aula é o Moura, da XTremo Auto Sport, uma oficina especializada em carros antigos de Goiânia-GO. Olhando assim, parece complicado, mas supomos que não seja tanto, já que na época Henry Ford se gabava justamente de que seu Modelo T era muito simples de dirigir. E devia ser verdade mesmo, já que ‘O Carro do Século XX’ vendeu 15 milhões de unidades durante seus 19 anos de produção.

A propósito, vale a pena reler a matéria que publicamos em 2008, assinada pelo falecido ban-ban-ban do jornalismo automobilístico, José Resende Mahar, por ocasião dos 100 anos do Modelo T.

Esse é mais um vídeo do Canal Aperta o Cinto. Se inscreve lá. Toda semana tem novidade sobre antigomobilismo.

Texto e edição: Fernando Barenco

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp