Coberturas

Encontro Mensal do Parque da Luz – novembro de 2016 – São Paulo, SP

Da direita para a esquerda, o protótipo do MP Lafer de 1972 e o inglês MG TD, roadster do qual se originou

Só mesmo no Parque da Luz…

Mensalmente, um festival de modelos pouco vistos em outros eventos do gênero

O titulo dessa reportagem até que lembra aquele slogan publicitário dos Postos Ipiranga. Mas quem frequenta os Encontros do Parque da Luz sabe que do que estamos falando. É um despretensioso evento mensal com nível de qualidade comparável aos mais afamados anuais de todo o Brasil. É fácil constatar isso, revendo as coberturas anteriores, que há anos já publicamos ou simplesmente admirando as fotos da edição de novembro de 2016, clicadas por Odair Ferraz no último domingo, dia 6.

Em primeiro plano, Cadillac 1959: uma bela ode ao exagero estilístico
Em primeiro plano, Cadillac 1959: uma bela ode ao exagero estilístico

Para começar, a dupla de Cadillacs: o verde 1957, o vermelho 1959 e ainda por cima conversível. Continuando na linha GM, Chevrolets 1947, 1952 e 1958; Oldsmobile F85 1965; Corvettes da 2ª e 3ª gerações; Camaro RS 1967; e um bem transado furgão street rod 3100 ‘Boca de Sapo’ 1951.

O clássico Thunderbird da primeira geração (e) e sua versão 'anabolizada'
O clássico Thunderbird da primeira geração (e) e sua versão ‘anabolizada’

Da Ford americana, lado a lado Mustang Conversível da primeira geração (1966) e um ‘esticado’ Mach1 de 1973; o conversível de dois lugares Thunderbird 1957 e outro exemplar da versão ‘fermentada’, o Thunder de 4 lugares fabricado em 1964.

Qual a chance de ver dois Esplanadas brancos em um mesmo evento?
Qual a chance de ver dois Esplanadas brancos em um mesmo evento?

Atualmente modelos da extinta Simca não são muito fáceis de se ver. Do Esplanada então nem se fala, já que foi fabricado apenas entre 1967 e 1969 e não foi aquele sucesso todo de vendas. Qual a probabilidade de se presenciar dois desses num único evento e ainda por cima da mesma cor?

Dardo ou
Dardo ou Fiat X1/9?

Gurgel MotoMachine, Dodge Dart na versão esportivo-espartana SE e Bianco S. Três nacionais que não se encontra em qualquer esquina. E ainda um esportivo vermelho que nos deixou intrigados. Seria ele um nacional Dardo Corona — aquele Targa lançado no final dos anos 1970 que tinha mecânica Fiat 1300 Rallye — mas com a frente modificada; ou seria mesmo o italiano Fiat X1/9, que foi o modelo do qual o Dardo foi clonado? Não importa, já que ambos são igualmente raros.

Para encerrar, uma cena muito rara na foto principal: lado a lado um  inglês MG TD 1953 e o primeiro protótipo do fora-de-série brasileiro que ‘nasceu de sua costela’: o MP Lafer em versão com portas suicidas, fabricado em 1972. Outra coincidência: ambos no mesmo tom bonito de branco’sujo’. Pois é…  na Estação da Luz!

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz

__________

x19

ATUALIZANDO AS INFORMAÇÕES: recebemos do Odair Ferraz outra foto do misterioso targa vermelho. Trata-se de um italiano Fiat X 1/9

Espalhe por aí!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados