Repórter Maxicar

Com a caçamba carregada de histórias

Livro que fala sobre os utilitários Chevrolet produzidos e vendidos no Brasil coincide com o centenário do lançamento da primeira pick-up da marca

O primeiro veículo a sair da linha de montagem da General Motors do Brasil não foi um automóvel e sim um furgãozinho de ½ tonelada que veio desmontado dos Estados Unidos. Isso aconteceu em 1925, apenas dezessete anos após a fundação da GM. Coincidentemente, o fato foi uma espécie de prenúncio da importância que os utilitários viriam a ter para a Chevrolet em nosso país, com a fabricação de pick-ups e seus derivados que ao longo das décadas se tornaram símbolo de resistência e confiabilidade, no transporte de cargas (e passageiros) no campo e nas cidades.

Primeira sede da General Motors do Brasil e primeiro veículo montado aqui: um furgão

O sistema CKD permaneceria ainda por 30 anos, — com a montagem aqui de modelos americanos icônicos como as 3100 “Boca de Sapo” e “Marta Rocha” — abrindo espaço para o lançamento da primeira pick-up genuinamente nacional, de acordo com os critérios do GEIA, em 1958: a Chevrolet 3100 “Brasil” e os utilitários Amazona, Corisco e Alvorada.

Chevrolet Brasil: primeiro modelo nacional

Depois veio a C14/C10 e a evolução A/C/D 10/20, a Silverado (lembra dela?), chegando à contemporânea S10 — lançada no Brasil em 1995 e que este ano comemorou 1 milhão de unidades produzidas.

Todas essas têm suas trajetórias muito bem contadas no livro Picapes Chevrolet – Robustez que conquistou o Brasil, o mais recente lançamento automotivo da Editora Alaúde, de autoria de Fábio Pagotto e Rogério de Simone.  A obra fala dos aspectos históricos e técnicos de cada um dos modelos produzidos no Brasil e também dos importados, entre os montados e os apenas vendidos aqui. E não foram esquecidos também os modelos compactos, derivados de automóveis: Chevy 500, Pick-up Corsa e a atual Montana (primeiro, derivada do Corsa e agora do extinto Agile).

No livro, modelos raros como a Chevy SL (e), uma versão especial da C10 4 cilindros

Picapes Chevrolet – Robustez que conquistou o Brasil é lançado no ano que marca um século da primeira pick-up produzida pela Chevrolet, de modelo baseado no automóvel 490, lançada em setembro de 1917.

Modelo da primeira pick-up Chevrolet, que completa 100 anos

Os conceituados autores são velhos conhecidos dos leitores das obras da Alaúde e dos antigomobilistas brasileiros em geral.

Fábio Pagotto – É autor (ou co-autor) dos livros sobre o Passat, o Monza, a Brasília, a Kombi e o Dodge — todos da Coleção Clássicos do Brasil. Fundador do Chrysler Clube do Brasil, é atualmente Diretor Técnico da Federação Brasileira de Veículos Antigos.

Rogério de Simone — É o coordenador da Coleção Clássicos do Brasil, da Alaúde e autor (ou co-autor) de alguns livros publicados por essa editora. Em 1986 criou e editou uma das primeiras revistas especializadas em carros antigos do Brasil, a Automóveis Históricos.


Picapes Chevrolet – Robustez que conquistou o Brasil
Formato: 21,5×19 cm – capa dura; miolo colorido
160 páginas
Editora Alaúde
R$ 55,00

Texto, fotos e edição: Fernando Barenco

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp