MaxiBlog

É apenas um 147!

De vez em quando as pessoas me dizem: “é apenas um 147”. Elas não entendem as distâncias percorridas, o tempo gasto com a compra de peças ou o dinheiro investido em “apenas um 147”.

Alguns de meus bons momentos também são trazidos por “apenas um 147”. Muitas horas de estrada se passaram e a minha única companhia era “apenas um 147”, mas não me senti solitário.

Várias de minhas preocupações foram por causa da espera por peças para reformar o “apenas um 147” e naqueles dias chatos e sem brilho, uma volta rápida com o “apenas um 147” ao ver a luz dos faróis e mostrar àqueles que pensam que “é apenas um 147” o quanto é legal tê-lo.

“Apenas um 147” traz à minha vida um sentimento de prazer, de satisfação.

Por causa de “apenas um 147” eu levanto cedo, vou no mecânico, visito amigos, vou ao banco, recebo elogios e ouço histórias tipo: “meu pai teve um desses” ou “esse foi meu primeiro carro”. E tudo isso por ter “apenas um 147”.

Olhar para o “apenas um 147” significa ter realizado um sonho de 40 anos, quando me formei e queria “apenas um 147”.

Portanto, “apenas um 147” desperta algo de bom em mim e me afasta dos maus pensamentos da terceira idade, os maus comportamentos, os hábitos ruins que devem ser evitados, deixando-os longe de mim e longe das preocupações do dia-a-dia.

Espero que um dia os outros tenham a oportunidade de entender que não é “apenas um 147”, mas uma das coisas que me dá a humanidade e me impede de ser “apenas mais uma pessoa”.

Então, da próxima vez que você ouvir a frase “apenas um 147”, sorria. Você é um dos poucos que compreendem a felicidade de ter um 147.

Por isso, eu amo o meu Fiat 147!

Ass.: Um Fiteiro


NR.: Encontramos essa declaração de amor postada em um grupo de fãs do Fiat 147 no Facebook

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp