Coberturas

5° Encontro de carros antigos de Cachoeira do Campo, MG

5° Encontro de Carros Antigos de Cachoeira do campo - mg

Publicado por Ricardo Canela em Terça-feira, 22 de agosto de 2017

Muito além dos carros

Distrito de Ouro Preto recebeu mais de 200 veículos antigos. Na programação ações culturais e sociais com desfiles, shows, teatro, doação de alimentos e reciclagem

O5º Encontro Anual de Cachoeira do Campo — distrito de Ouro Preto-MG aconteceu no último final de semana, dias 19 e 20 de agosto no Jardins Street Mall, espaço gentilmente cedido pelo empresário Alexandre Pedrosa. A abertura foi no sábado onde o Padre Luiz Roberto de Souza, pároco local, abençoou os carros antigos que saíram em carreata pelas ruas de Cachoeira, voltando ao ponto de partida para serem expostos no pátio do Mall.

Shows musicais

Durante a exposição que aconteceu no sábado e no domingo, muitas atrações. Show com a banda ‘Por Acaso’ e outro com o grupo de samba ‘Dupla Face’ de Santo Antônio do Leite-MG. Também teve apresentação de Bruno Coimbra no teto de um Fusca e do D. J. Fabrício. O palco dos shows foi a carroceria de um caminhão Ford da década de 1930 emprestado pela empresa Hexágono de Ouro Preto e decorados com mini carros antigos fabricados artesanalmente pelo pernambucano Joselito Silva.

Desfile do Clube do Cavalo

No segundo dia houve um desfile do Clube do Cavalo de Cachoeira do Campo estando presente seu presidente, Janílson Medeiros. No desfile mais uma surpresa: em cima de uma carroça a apresentação do flautista Júlio Senra. Ainda houve uma apresentação teatral em que os artistas foram os próprios membros do Clube de Cachoeira do Campo com uma peça escrita pelo próprio presidente intitulada “Bons Amigos”.

Mary Lu, a Chevrolet 1951

Domingo o movimento foi maior, chegando a cerca de 200 veículos presentes somando-se carros, jipes e caminhões antigos. Entre eles a caminhonete Chevrolet 3100 1951, transformada em um confortável MotorHome. Pertence ao casal André Jardim e Júlia Prates, que frequentam encontros e passeiam pela América do Sul a bordo da ‘Mary Lu’, como é carinhosamente chamada. São do Clube de Nova Lima-MG, mas estavam em São Paulo-SP de onde partiram especialmente para esse evento. Com certeza o carro que mais chamou à atenção. Nas portas a descrição da aventura do casal: “Expedição na Estrada”. Muitos os cercavam e queriam ouvir suas histórias.

O 147, lançado em 1976 e o estreante Argo (d)

O Ford 1928 de Luciano Sistec também fez sucesso na exposição. Uma cena curiosa: a concessionária Navelli, uma das patrocinadoras do encontro, colocou lado a lado um Fiat 147 1976 e um Fiat Argo 2017, o primeiro e o último lançamento da marca no Brasil. E outra cena mais curiosa ainda: duas pessoas de Itabirito-MG percorreram 20 km até esse encontro com uma Monark Barra Circular e uma Caloi Berlineta, ambas da década de 1970. Acabaram recebendo o belo troféu de honra ao mérito, confeccionado para o evento.

Cornélio, ao centro: arrecadação de alimentos

O presidente do Clube de Cachoeira do Campo, Cornélio José da Silva com toda a família e a equipe do clube receberam muito bem a todos e ainda tinham uma preocupação: a ação social. O casal Sávio e Karla Palmiere recebiam em sua Kombi 1989, chamada de ‘Alyce’ e também transformada em MotorHome, alimentos não perecíveis para serem doados aos desempregados da região. Participam de muitos encontros, estão sempre na estrada, mas, especialmente nesse, trabalharam para ajudar o próximo.

Presença também de antigos caminhões
Chef Daniel Brêtas

Em outra ação, latinhas foram recolhidas para serem vendidas e o dinheiro entregue ao Projeto Sorria que cuida dos dentes de crianças carentes de até 10 anos de idade na cidade com dentistas voluntários. O presidente Cornélio, que trabalha com reciclagem com o seu caminhão Mercedes-Benz 608 1980 durante 30 dias por mês, neste final de semana deu um descanso a ele colocando-o na exposição junto com outros caminhões antigos e fez reciclagem com latinhas para ajudar o “Sorria”.

O espaço destinado para esse evento ficou cercado de barracas com bebidas e guloseimas populares como caldo de cana e churros. Mas, também eram encontradas comidas típicas da região como o pastel de angu e o prato a base de umbigo de bananeira servido por Dona Castorina Xavier, descendente da família de Tiradentes. Em outra barraca, o chefe de cozinha Daniel Brêtas servia costela ao barbecue, ou seja, comidas para todos os gostos.

O Clube de Cachoeira da Campo agradece à PMMG através do comando de Erbenito Santos e à presença do Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Estadual e toda a imprensa local. Agradece também ao apoio do Portal Maxicar e do Jornal Voz Ativa de Ouro Preto.

Valente, o cão antigomobilista

Para finalizar essa matéria, temos que mencionar mais um fato curioso. O cachorro Valente, do presidente Cornélio entrava na Kombi 1974 do dono e ficava lá horas como se fosse o proprietário. Outra hora era visto sentado nas rodas de bate-papo formadas por expositores. Em outro momento passava, parava na frente dos carros antigos e fitava os olhos neles como se os tivesse analisando. Será que essa cultura consegue fascinar até os animais de estimação de antigomobilistas?


ÁLBUM DE IMAGENS


Texto: João Baptista Jorge Pinto Filho
Fotos: Maurício Ramon dos Santos Damásio e Organização do evento
Video: Ricardo Canela
Edição: Fernando Barenco

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados