Coberturas Conteúdo Eventos

VW Brüder Treffen – Belo Vale, MG

VW Brüder Treffen – Belo Vale, MG

Reunindo diversas Gerações

Evento contou com cerca de 600 veículos antigos, novos, originais, modificados, rat look e euro look

O VW Brüder Treffen reuniu este ano mais de 600 veículos da marca VW na pequena e simpática Belo Vale-MG. O evento é realizado pela Confraria do Sedan, clube de carros antigos da capital mineira, mas, como brüder treffen significa encontro de irmãos, não pode ficar ninguém de fora. Por isso, podem participar veículos da marca: antigos, novos, originais, modificados, rat look e euro look.

vwburder16foto5
Farus, Bugre e triciclo

E ainda outros que se movem com motor VW, entre eles, estavam lá um triciclo, um Bugre, um Farus e até um super esportivo  RS3, afinal, Audi também é da família. A marca Seat também se fez presente.

O casal
O casal Leonardo Lessa e Cynthia Fernandes e sua Kombi 1974

vwburder16foto8

Entre os destaques, no meio da praça principal da cidade, a Kombi 1974, modelo luxo, perfeita, nas cores originais, verde místico e branco lotus do casal Leonardo Lessa e Cynthia Fernandes, que viajaram sete horas a bordo da mesma para participarem desse encontro. Eles pertencem ao Volkswagem Clube de Diamantina-MG, onde residem, a 400 km dali.

Fusca
Fusca Cabriolet, transformado pela Sulam, de César de Marco

E o que dizer do Fusca Cabriolet, transformado pela Sulam, de César de Marco, do FuscaPoços de Poços de Caldas-MG? Tudo nele é raro. O ano 1993, o primeiro Itamar, movido a álcool, 20.900 km rodados porque ficou no cavalete durante 8 anos e no capô, um autógrafo de Alexander Gromow. César confessou que gastou apenas 4 horas e meia de Poços à capital (quase 500 km) e que viaja nele a 140 km/h. Outro carro que chamou à atenção foi a Parati 1.6, 1989, GL a gasolina de Wellerson Vale, em excepcional estado de conservação e originalidade.

Essa festa, que começou no dia 27/05 e terminou no dia 28/05 foi embalada pelo rock nacional anos 80 da banda Rota 383 de São Brás do Suaçuí-MG, que fez um intervalo para a entrega dos troféu VBT 2016 aos premiados. Daniel Gustavo Oliveira recebeu na categoria original refrigerado a ar com sua Variant 1970.

Variant, Gol e Fusca foram alguns dos premiados
Variant, Gol e Fusca foram alguns dos premiados

Um Fusca 1966 levou o prêmio na categoria modificados a ar e um Passat Variant, 1999, levou o prêmio na categoria modificados a água. Na categoria original a água, uma grande surpresa: o VW Gol 1992/93, argentino, de Juliano Policarpo. Sim, o Gol foi fabricado na Argentina, sem muitos alardes, em um período em que a procura pelo mesmo era maior que a capacidade de produção. A solução foi enviar as peças daqui para a Argentina para ele ser montado lá também. Então, na festa dos brüder, havia um com sotaque espanhol, um hermano.

Corrado 1990
Corrado 1990

Mas, havia também um autêntico e raríssimo bruder alemão. Estamos nos referindo ao esportivo Corrado 1990, com motor 2.9 l, 190 cv de potência, com compressor G60, que atinge a velocidade de 233 km/h. Foi traçado por Giorgetto Giugiaro, o mesmo criador do Golf, para substituir o Scirocco na Alemanha. Detalhe chamativo era o aerofólio que se ergue quando se atinge a velocidade de 70 Km/h e permanece discreto junto à 3ª porta. Esse modelo visto em Belo Vale foi um dos quatro que a VW trouxe ao Brasil para uma apresentação e sondagem de mercado, no Salão do Automóvel de São Paulo de 1990. O alto custo não permitiu sua comercialização no mercado nacional.

Esse evento contou com o apoio da Prefeitura Municipal e a secretária de cultura, Eliiana dos Santos, agradeceu a presença de todos os visitantes. Contou também com o apoio de dezenas de clubes mineiros, entre eles, o 3 Elos de Barbacena-MG, Volks das Gerais de Conselheiro Lafaiete e Ouro Branco,  Fusca Poços de Poços de Caldas, Club do Gol Belo Horizonte, Sokados de Ubá-MG, Clube do Passat MG, Clube do Voyage, Brasília Clube, SMG Santaneiros de Minas Gerais, The Bugs Brazil, Equipe Sokados Lafaiete, VW Clube Diamantina, Portal do Fusca, Novo Clube do Novo Fusca, Clube do Fusca BH, três clubes da cidade de Nova Lima, o Clube de Veículos Antigos de Nova Lima, Volks Nova Lima e Equipe Roda Baixo Nova Lima, Seat68, Los Mineros, Riacho Street Club, Ratoramas, Queluz Boxer Clube, VW Golf Clube, Clube do Gol G3, Quadrados Clube de Pará de Minas, Arrastandos Belo Horizonte, Bravos e Rebaixados de Itabirito e ainda o clube anfitrião, Confraria do Sedã de Belo Horizonte que contou com o apoio incondicional do Clube Quadrado de Congonhas-MG. Jaime Diniz, Pablo Lobo, César de Marco e Wellerson Vale, entre outros, foram trabalhadores incansáveis para conseguirem realizar um evento dessa grandeza.

Também visitou o evento, André Candreva do Clube de Autos Antigos de Congonhas e diretor de comunicação da Associação Mineira de Antigomobilismo. A organização do evento fez uma homenagem especial a César de Marco, o Cezão, que foi o mestre de cerimônias do evento, que ficou visivelmente emocionado.

vwburder16foto9
As ruas de Belo Vale foram totalmente tomadas pelos VW

As ruas de Belo Vale foram totalmente tomadas pelos VW. Até os food trucks eram da marca. A população que saiu às ruas e também apreciava a movimentação de varandas, janelas  e sacadas parecia surpresa.

Júlia Vieira, Gleissy Castro, Éric Oliveira e Gabrielle Pedra
Júlia Vieira, Gleissy Castro, Éric Oliveira e Gabrielle Pedra

Como disseram os belo-valenses Júlia Vieira, Gleissy Castro, Éric Oliveira e Gabrielle Pedra, admirados:  “Esse foi o maior evento que sua cidade já teve. Nem o pré-carnaval, a maior festa popular de Belo Vale, supera esse encontro”.

      Momentos          Exposição

Texto e Fotos: João Baptista Jorge Pinto Filho
Edição: Fatima Barenco

 

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp