Coberturas Conteúdo Eventos

Encontro de Galaxies, Landaus e Chevettes – Brasília, DF

Encontro de Galaxies, Landaus e Chevettes – Brasília, DF

Viva os Sedãs!

Veteran Car Brasília abriu as portas para dois outros clubes da cidade: o Chevette Capital e o Galaxie Clube

Mais uma vez o sábado foi especial para os amantes de veiculos antigos. O Veteran Car Brasília abriu as portas para dois outros clubes da cidade: o Chevette Capital e o Galaxie Clube. O encontro se deu no pátio da sede e contou com quase trinta joias. Tão diferentes e tão iguais entre si, elas são, dentre muitas, ícones do automobilismo nacional. Para consagrar o dia, o Veteran — por meio de voto popular — concedeu um troféu para o veículo mais bonito de cada marca.

Chevette 1976 de Alexandre Augusto
Chevette 1976 de Alexandre Augusto

Dentre os Chevettes, a vitória esmagadora, foi a do modelo amarelo 1976, de Alexandre Augusto. “É um reconhecimento de muitos anos de cuidado com o carro, ainda mais sabendo que tinha outros modelos em um nível bem legal também. Fico muito feliz, estou levando esse prêmio do Veteran com muito orgulho”.

Galaxie 1979 de Fernando Ramos
Galaxie 1979 de Fernando Ramos

Já entre os Galaxies, a disputa foi acirrada. Dois modelos vinho disputaram voto a voto. No final, o vencedor foi o série especial 1979, de Fernando Ramos. De acordo com ele, foram feitas apenas 300 unidades da versão em comemoração aos 60 anos da Ford no Brasil. “Minha paixão por Landau começou quando meu pai comprou um Galaxie 500, em 1967. Desde então, venho perseguindo modelos icônicos e foi uma sorte achar esse.

Fiquei muito contente pelo prêmio dado pelo Veteran. Agora, o carro tem um valor ainda maior para mim”.O encontroAo longo do dia, várias pessoas passaram pela sede para apreciar os sedãs clássicos. Mas um, entre os quase trinta veículos, chamou muita atenção: um Landau preto 1977 que serviu a quatro presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF). O modelo, que ainda faz parte do acervo da corte suprema, está cedido ao Veteran para exposição permanente no museu.

Vcc
Além dos Galaxies e Chevettes o evento foi aberto a todas as outras marcas e modelos

“Isso mostra a importância do Veteran na preservação da história automobilística nacional”, afirma Aldir Passarinho Jr, conselheiro do clube. O papel do VCB é esse mesmo: manter as portas abertas para outros clubes, para que, juntos, possamos ajudar na preservação dos automóveis. “O Veteran é o clube mais antigo no DF. Como ele tem essa missão de unir os mais diversos segmentos — pois preserva carros de várias marcas e períodos de fabricação — acaba sendo o concentrador desse movimento, finaliza Passarinho.”

O Veteran não é importante apenas para o Galaxie e para o Chevette, mas para o carro antigo em geral. Essas parcerias servem para fortalecer a cultura do antigomobilísmo e da amizade em geral. O clube é muito importante para a cidade e para os donos dos veículos. O Veteran é fundamental para a preservação da história”, define Eduardo Ferreira, presidente do Galaxie Clube.”Para a gente é uma honra estar no Veteran hoje (sábado). É um marco na história do nosso clube, na história do Chevette Capital (criado há pouco mais de um ano). Forte será nossa categoria, afirma André Antunes, presidente do Chevette Capital.

Texto e Fotos: Assessoria Veteran Car Brasília
Edição: Fatima Barenco

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados