Coberturas Conteúdo Eventos

Encontro Mensal do Chevrolet Clube na Cinemateca Brasileira – São Paulo, SP – Outubro de 2015

Bel Air Conversível 1957. No detalhe, a traseira, com o charme do Kit Continental, um acessório da época

Encontro Mensal do Chevrolet Clube na Cinemateca Brasileira – São Paulo, SP – Outubro de 2015

Uma pequena mostra da GM no Brasil e nos EUA

Exposição reuniu desde americanos dos anos 1950 até nacionais contemporâneos

Você que acompanha as nossas coberturas de encontros de autos antigos, deve ter notado que publicamos há cerca de dez dias outra reportagem sobre evento na Cinemateca Brasileira. É que este local agora é o palco de dois encontros mensais: o do Veteran Car Clube – SP — que acontece todo 2º domingo do mês; e o do Chevrolet Clube de Carros Antigos — no 4º sábado — que é o assunto desta cobertura de hoje.

Um festival de Chevrolets
Um festival de Chevrolets

Os Chevrolets, é claro, fotos os donos da festa, com modelos fabricados a partir da década de 1940, caso do Especial de Luxe azul marinho e do Fleetmaster 1948 vermelho vinho. Da década seguinte, os famosos Bel Air, com exemplares de 1954, 55 e o Conversível com Kit Continental fabricado em 1957, não por acaso escolhido como foto principal dessa reportagem. Realmente de tirar o fôlego! E mais: um espetacularmente restaurado ônibus rodoviário americano GMC PD 4104 Detroit Diesel, com carroceria de alumínio fabricado em 1959, igual àqueles que vemos em filmes americanos de época. Para dar ainda mais autenticidade, no letreiro “Chicago”.

Furgão Chavrolet 3800 e ônibus GMC
Furgão Chevrolet 3800 e ônibus GMC

Capítulo à parte é o Furgão 3800 “Boca de Sapo” de 1953, que não apenas pertence ao clube organizador do evento, mas que é o seu famoso mascote. A propósito, acabamos de publicar uma entrevista com o presidente Francisco Moutinho, para a coluna ’10 Perguntas ao Presidente’.

Camaros SS (e) e RS. A diferença entre as versões estavam na motorização e acabamentos
Camaros SS (e) e RS. As diferenças entre as versões estavam na motorização e acabamentos

Dos anos 1960, diversos Impalas e dois Camaros Conversíveis da primeira geração (1967) — nas versões SS   e RS, ícones eternos, que ajudaram a fazer a fama da Chevrolet em todo o mundo.

Opala Gran Luxo 4.100 e Kadett GSi
Opala Gran Luxo 4.100 e Kadett GSi

Entre os Chevys brasileiros Opala Sedan de Luxo 1972, Opala Coupê Gran Luxo 1974, Chevettes ‘Tubarão’, Kadett GSi Conversível 1993, Monzas da primeira e segunda gerações, Veraneio das década de 1970 e até uma moderna caminhonete S10.

Motocicleta BMW com Sidecar, Jaguar XJ6 e Réplica Alfa Romeo
Motocicleta BMW com Sidecar, Jaguar XJ6 e Réplica Alfa Romeo

Mas o evento foi aberto a clássicos de outras marcas também: Mercedes Benz SL ‘Pagoda’ 1971; Jaguar XJ6 1972; Fordinhos Modelo A; uma Réplica do Alfa Romeo 8C Monza 1931, com chassi e mecânica VW, fabricado pela L’Automobile; e uma clássica Motocicleta BMW R75/5 com sidecar, fabricada em 1971, com motor de 750 cc.

A próxima exposição já tem data marcada: dia 28 de Novembro.

 

   ÁLBUM DE IMAGENS

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz e Pedro L. Bergaro

Comentários do Facebook