Alexander Gromow Conteúdo Nossos Colunistas

O vôo do Fusca para a história

O momento em que o Fusca estava em pleno vôo. A concretização de um sonho de muitos anos. Uma grande emoção para todos que estiveram em Interlagos naquele dia e uma imagem inesquecível!

Durante o 8º Encontro Nacional do Fusca em Interlagos, um Fusca Série Ouro pilotado por Oswaldo Steves decolou para um lindo vôo de 12 metros.

Foi sempre um sonho que eu tive: realizar o vôo de um Fusca em um dos muitos eventos realizados em Interlagos durante a minha gestão como Presidente do Fusca Clube do Brasil. Mas era uma coisa de difícil realização, muitos fatores tinham que se encaixar para que a coisa desse certo.

Fusca Itamar Série Ouro protagonista do “Vôo do Fusca”, estacionado na área dedicada aos carros de exposição à disposição do público

No evento realizado no dia 23.06.1996, finalmente, tudo se encaixou perfeitamente. A Volkswagen do Brasil, como já era tradição, ajudou na realização do evento e incluiu um Show da Equipe Steves, cujo ponto alto seria o vôo de um Fusca Itamar especial, um Série Ouro, carro que marcou o fim definitivo, desculpem o pleonasmo, da fabricação do Fusca no Brasil. O carro foi cedido pela VW e preparado para o salto na Ala Zero da Fábrica em São Bernardo do Campo.

O Oswaldo Steves inicialmente se inspirou para começar a fazer acrobacias com automóveis num show realizado em 1964 em Interlagos por uma equipe francesa liderada por Jean Suni; o interessante é que eu tive a oportunidade de assistir a este show também. Eu fiquei curioso sobre a pressão que era usada nos pneus dos carros que andavam sobre duas rodas e perguntei ao próprio Jean que me informou que eles calibravam com 50 libras! O Steves iniciou o seu trabalho de um modo independente com um Gordini, depois foi contratado pela Chrysler e no fim de 1969 entrou na VW onde ficou até recentemente, quando passou o bastão para o seu filho João Paulo.

O 8º Encontro Nacional do Fusca também festejou o Dia Mundial do Fusca e foi um belo evento. Registrou a participação de 1.472 veículos, sendo 1.301 Fuscas, 35 Kombis, 19 Karmann-Ghias, 6 TL’s e 21 de outros modelos. Foi o segundo em quantidade de carros dos três que tiveram contagem certificada.

Foi um dia cheio de atrações para todas as idades. Para as crianças, o Jornal Primeira Mão realizou um concurso de pintura com a distribuição de brindes. Para os adultos, o programa incluiu voltas em comboio no autódromo, concurso de carros, prova de arrancada até para veículos 1200 (que sabidamente fazem de zero a cem quilômetros por hora em tempo suficiente…).

O Concurso Cultural promovido pelo Primeira Mão tinha como prêmio maior uma bicicleta o que motivou a participação de centenas de crianças.

Sim, mas o evento contou com o Show da Equipe Steves… Derrapadas, ‘fritadas’ de pneus, estacionamento em alta velocidade entre dois veículos, pára-choque humano, entre outras manobras proporcionadas pelos pilotos da equipe. Com a participação de pessoas escolhidas no meio do público, foram feitos “passeios” sobre duas rodas sempre em veículos da linha Volkswagen.

Andar sobre duas rodas, um dos pontos fortes da Equipe Steves, que em 1996 usava picapes Saveiro em seus shows

Mas certamente o ponto alto foi o Vôo do Fusca. Para todos, e para mim em especial foi um momento de grande emoção. O Steves, que fez shows com Fusca durante muitos anos, há muito tempo não realizava esta manobra com este tipo de carro. Quando ele terminou o salto e voltou subindo na rampa, sua emoção era visível. Ele deu várias batidas no teto do carro e quem estava perto, como eu, pôde ver que lágrimas vertiam de seus olhos, era emoção pura!

O que aconteceu é difícil de descrever, nada melhor do que ver o vídeo que mostra, inclusive em câmera lenta, o fantástico Vôo do Fusca:

Graças a este vôo o meu sonho se realizou e foi testemunhado por fuscamaniacos emocionados como eu e agora, depois de 14 anos este vídeo irá mostrar como foi este momento inesquecível, também para a nova geração de adeptos do hobby.

Como registro histórico segue o álbum de imagens deste evento com as respectivas legendas.

   ÁLBUM DE IMAGENS

 

 

Comentários do Facebook

Alexander Gromow

Ex-Presidente do Fusca Clube do Brasil. Autor do livro EU AMO FUSCA e compilador do livro EU AMO FUSCA II. Autor de artigos sobre o assunto publicados em boletins de clubes e na imprensa nacional e internacional. Participou do lançamento do Dia Nacional do Fusca e apresentou o projeto que motivou a aprovação do Dia Municipal do Fusca em São Paulo. Lançou o Dia Mundial do Fusca em Bad Camberg, na Alemanha. Historiador amador reconhecido a nível mundial e ativista de movimentos que visam à preservação do Fusca e de carros antigos em geral. Participou de vários programas de TV e rádio sobre o assunto. É palestrante sobre o assunto VW com ênfase para os resfriados a ar. Foi eleito “Antigomobilista do Ano de 2012” no concurso realizado pelo VI ABC Old Cars.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados

%d blogueiros gostam disto: