Coberturas Conteúdo Eventos

V Encontro de Veículos Antigos da Serra Azul – Miguel Pereira, RJ

Os automóveis ficaram em exposição no Pavilhão da Fenart. Não sobrou nenhuma vaguinha!

V Encontro de Veículos Antigos da Serra Azul – Miguel Pereira, RJ

Essas ‘crianças’ e seus ‘brinquedos’

Parceria entre clubes e Prefeitura repete sucesso do encontro

De um lado a vontade política. Do outro a experiência de dois clubes na organização de eventos. A fórmula simples é uma das razões do sucesso do V Encontro de Veículos Antigos da Serra Azul, que aconteceu no último final de semana — de 21 a 23 de novembro — em Miguel Pereira, na Região Serrana Fluminense. A parceria foi firmada no ano passado entre a Prefeitura Municipal, o Clube de Antiguidades Automotivas de Volta Redonda e o Nicteroy Clube de Veículos Antigos. Deu tão certo, que como era de se esperar, foi repetida em 2014.

O Prefeito Cláudio Valente, um incentivador pessoal do evento. Abaixo, sua coleção de Fordinhos Modelo A, prestes a ficar completa

Some-se a isso, o empenho pessoal do Prefeito Cláudio Valente, um antigomobilista ‘de carteirinha’ que em 2013 trouxe de volta o evento que estava extinto desde 2006. Fã de ônibus, Valente no momento está restaurando os dos míticos ‘Flexa Azul’ da Cometa. Possui também uma bela e crescente coleção de Fords Modelo A. Dando as boas vindas aos que chegavam ao Pavilhão da Fenart, dois Phaetons, um Tudor, um Roadster e uma Pick-up, todos de sua propriedade.
— Pretendo ter todas as versões do Modelo A, que são 8 ao todo. Além desses que trouxe aqui hoje, estou restaurando outros dois. — nos contou.

Os antigomobilistas e seus novos ‘brinquedos’. Acima, Alexandre Thomaz, Victor Pinho. Abaixo Ary Brito

Há uma conhecida máxima do mundo dos automóveis que diz que “a diferença entre os homens e os garotos é apenas o tamanho de seus brinquedos”. Que o digam alguns dos amigos antigomobilistas que tivemos oportunidade de conversar e que fizeram questão de nos mostrar seus novos (antigos) ‘brinquedos’. O presidente eleito do Nictheroy Club de Veículos Antigos, Alexandre Thomaz nos apresentou o mais novo membro de sua garagem: o Fuscão 1500 da bela cor ‘Azul Diamante’ foi fabricado em 1971 e era muito bem cuidado por sua antiga família, o que permitiu que se mantivesse muito bem conservado ao longo de todos esses 43 anos.

Já Victor Pinho trouxe a cerca de um mês da Bahia o clássico Karmann Ghia vermelho 1966 que encanta pelos detalhes da delicada primeira fase brasileira desse clássico mundial.

Um Corvette era desejo antigo do Comandante Ary Brito, de Vassouras – RJ. Este sonho acaba de se materializar na forma de um magnífico conversível 1974 azul metálico. O superesportivo americano não precisa de apresentações já que superou a barreira das gerações e é admirado por pessoas do mundo inteiro, dos 8 aos 80 anos. Ganhou status de mito há muito tempo.

Não faltaram em Miguel Pereira ‘carrinhos’ de encher os olhos de qualquer ‘criança’. Entre os importados, além dos modelos já citados, Camaro SS e Mustang Hardtop, ambos produzidos em 1967; Chevrolet Bel Air 1954; Ford Fairlane Victoria 1955; Chevrolet Styleline Sedanet Hot Rod 1952; Oldsmobile Cutlass 1968; Volkswagen Type 3 Squareback 1969, ou simplesmente‘Variant Alemã’; Citroën 2CV 1973.

A partir do alto, em sentido horário: Chevrolet Bal Air 1954, Camaro SS 1967, Oldesmobile Cutlass 1968 e Volkswagen Type 3 Squareback 1969

E brasileiros de altíssima qualidade: Santa Matilde 4.1 1986 e 1992, esta última da rara versão com faróis retangulares; Passats de vários anos e modelos; o Opala Standard 1970 vermelho com vermelho, de Rodolpho Monteiro, que se sobressaiu entre os demais diversos exemplares; os dois Mavericks, um laranja e um branco, ambos de Petrópolis – RJ; Galaxie 500 & Landau; réplicas Porsche 356 e 911; Puma GTS (VW) e GTB (GM); um raro Fiat Uno da versão esportiva Turbo de 1995, com sua cor metálica e exclusiva Amarelo Exploit.

A partir do alto, em sentido horário: Opala Standard monocromático de Rodolpho, Passat Pointer 1988, Maverick 1974 e Uno Turbo 1995

Foram ao todo mais de 100 automóveis, lotando completamente o Pavilhão durante todo o final de semana. A abertura oficial aconteceu ao meio dia de sábado e a cerimônia de premiação no domingo e homenageou também os clubes presentes.

Cerimônia de abertura. A partir da esquerda: Alexandre Thomaz e Augusto Mósca, respectivamente presidente eleito e atual presidente do Nicteroy Clube de Veículos Antigos; Ricardo Ney (ao microfone) presidente do Clube de Antiguidades Automotivas de Volta Redonda, o Prefeito de Miguel Pereira, Cláudio Valente; o vice presidente do Clube de Antiguidades Automotivas de Volta Redonda, Roberto Apesa

Texto: Fernando Barenco
Fotos: Fátima Barenco, Fernando Barenco e Nictheroy Clube
Edição: Fátima Barenco e Fernando Barenco

   EXPOSIÇÃO       MOMENTOS
   ABERTURA      PREMIAÇÃO

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados